Sucesso News

01/07/2022 11:38

Início » Cancelamento de festas de carnaval prejudica retomada do turismo no Brasil

Cancelamento de festas de carnaval prejudica retomada do turismo no Brasil

  Com a chegada da pandemia de covid19, o setor de turismo foi um dos mais impactados. Viagens programadas foram canceladas e geraram um prejuízo superior a R$290 bilhões de reais, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC. No ano passado, o setor conseguiu uma recuperação. Um levantamento do IBGE apontou um crescimento de 21% no índice de atividades turísticas no país. “ Essa retomada teve um impacto importante daquelas pessoas que estavam com passagens adidas. Fizemos um grande trabalho de remarcações.” explica Ana Carolina , presidente da Associação Brasileira De Agências De Viagens- ABAV.

 Dos dose locais avaliados: a Bahia saiu na frente com um aumento de quase 47,3%, seguida por Pernambuco 40,9%, Rio Grande do Sul 39,0%, Minas Gerais 31,6%, Rio de Janeiro quase 16,9% e São Paulo quase 11,9%. De acordo com dados do IBGE. O Distrito Federal também não ficou para trás no assunto turismo. A capital espera alcançar a marca de um milhão de visitantes na temporada 2021/2022 com encerramento neste mês de fevereiro. Em média, os Centros de Atendimento Ao Turista receberam 100 pessoas por dia, número superior ao registrado antes da pandemia, quando os chamados CATs recebiam 80 pessoas por dia. Sheila Grasiela veio de Roraima visitar Brasília. Com a diminuição de casos de covid, ela se sentiu segura para viajar. “ Até pela questão das vacinas, a gente tem mais segurança. Se todo mundo se cuidar, não tem problema”, pondera a turista.


Carnaval 2022

 A variante ômicrom pode causar um impacto negativo no setor de turismo, principalmente em relação ao cancelamento das festa de carnaval. Em 2022, o carnaval pode gerar uma receita superior a R$ 6 bilhões de reais. O número é 33% menor que o período anterior à pandemia. “O carnaval, que é a principal data comemorativa do setor de turismo, é o Natal do turismo brasielrio, deve ter um nível de faturamento significativamente maior do que o ano passado, mas ainda bem aquém do último carnaval normal do setor de serviços,” Fábio Bentes – Economista do CNC.

Para 2022, a retomada do setor vai seguir de forma gradual, como explica a presidente interina da Associação Brasileira de Agências de Viagens, Ana Carolina Medeiros.
“ A variante reduziu o ritmo de crescimento do setor, mas as pessoas estão buscando alternativas diferentes. Lugares abertos e arejados. Esse crescimento vai ser muito devagarzinho, em relação ao pré -pandemia.”

Notícias relacionadas