Sucesso News

04/07/2022 12:41

Início » Transferência de propriedade de veículos será feita de forma digital em qualquer lugar.

Transferência de propriedade de veículos será feita de forma digital em qualquer lugar.

A nova modalidade dispensa o motorista de ir ao cartório e ao DETRAN.

 

A nova modalidade de transferência de propriedade de veículos será feita por meio do aplicativo cdt, o da carteira digital de trânsito. O novo sistema vai permitir a realização do processo de maneira 100% digital. Apenas a vistoria veicular continua obrigatória e deve ser realizada de forma presencial. O ministério da economia informou que o processo vai poder ser feito a partir deste mês de março. Para os proprietários de lojas de veículos, a mudança vai facilitar a venda com a redução da burocracia. “Vai diminuir em custo, tempo e vai ajudar muito. Além de melhorar muito o comércio,” explica Aderbal Oliveira. Para o comerciante de veículos será preciso paciência na adaptação ao novo processo.  “Eu já perdi negócios aqui porque o cliente não tinha nenhuma afinidade com os meios eletrônicos. E teve problema em achar o atpv-e na base de dados da sua carteira digital,” pondera Aderbal.

 

   A transferência só vale para quem já possui o aplicativo da CNH digital e fez a autorização de transferência de propriedade veicular, ATPV-E. Também é necessário do cadastro na plataforma gov.br com reconhecimento facial e assinatura digital vigentes. Apenas os veículos fabricados ou transferidos a partir de 4 de janeiro de 2021 estão aptos para o novo sistema.

 

No Distrito Federal, a transferência digital já funciona desde do mês passado. Quem quiser comprar ou vender um veículo, pode fazer a transferência de propriedade através do smartphone em qualquer lugar. O serviço elimina a necessidade de reconhecimento de firma em cartórios e adota a assinatura eletrônica via certificado digital. O diretor-geral do Detran do Distrito Federal, Zélio Maia, destaca que a nova modalidade encurtou o tempo de transferência.  “Ele entra no aplicativo, colocar os dados do comprador, preenchendo todos os dados, faz a prova de assinatura chamada biometria facial e pronto já está disponível para o comprador. O comprador por sua vez entra no mesmo aplicativo e aceita aquele veículo. Pronto está concluído o processo de transferência em quatro ou cinco minutos,” destaca Maia.

Notícias relacionadas