Sucesso News

01/07/2022 10:26

Início » FIFA e UEFA suspendem equipes russas do futebol internacional

FIFA e UEFA suspendem equipes russas do futebol internacional

A Fifa e a Uefa suspenderam as seleções e clubes da Rússia do futebol internacional até novo aviso devido à invasão da Ucrânia pelo país.

A medida torna provável que a Rússia seja excluída da Copa do Mundo deste ano e da Euro 2020 feminina.

“A FIFA e a UEFA decidiram hoje em conjunto que todas as equipas russas, sejam equipas representativas nacionais ou equipas de clubes, serão suspensas da participação nas competições da FIFA e da UEFA até novo aviso”, afirmou a UEFA em comunicado.

“Estas decisões foram adotadas hoje pelo Bureau do Conselho da FIFA e pelo Comitê Executivo da UEFA, respectivamente os mais altos órgãos decisórios de ambas as instituições em assuntos tão urgentes”, acrescentaram.

A Rússia estava programada para receber a Polônia em um playoff de qualificação para a Copa do Mundo em 24 de março e, se permanecer suspensa naquele momento, estaria fora da Copa do Mundo e incapaz de avançar para a final no Catar em novembro.

A federação polonesa havia dito que se recusaria a jogar contra a seleção russa e a República Tcheca e a Suécia, que estão no mesmo ‘caminho’ dos playoffs, também descartaram enfrentar a Rússia.

A única maneira pela qual a Rússia ainda poderia aparecer nos playoffs seria uma melhora repentina na situação na Ucrânia, levando ao levantamento da suspensão.

“Ambos os presidentes (dos órgãos do futebol) esperam que a situação na Ucrânia melhore significativa e rapidamente para que o futebol possa novamente ser um vetor de unidade e paz entre as pessoas”, disse a Uefa.

Mais cedo nesta segunda-feira, o conselho executivo do Comitê Olímpico Internacional recomendou que as federações esportivas proíbam atletas e autoridades russas e bielorrussas de competir em eventos.

A FIFA foi criticada no domingo após uma declaração de que a Rússia poderia continuar a jogar partidas, embora em locais neutros e apenas sob o nome de “União de Futebol da Rússia”.

Embora a Fifa tenha alertado que o país poderia ser excluído das competições se a situação na Ucrânia não melhorar, a declaração foi amplamente criticada com a federação polonesa dizendo que a postura era “totalmente inaceitável”.

A Associação de Futebol da Inglaterra disse então que não jogaria contra a Rússia, uma visão que foi apoiada por várias federações europeias.

A Rússia sediou a última Copa do Mundo em 2018 com a final realizada em Moscou e com a presença de Putin.

A Rússia chama suas ações na Ucrânia de “operação especial” que, segundo ela, não foi projetada para ocupar território, mas para destruir as capacidades militares de seu vizinho do sul e capturar o que considera nacionalistas perigosos.

 

Fonte: Reuters

Notícias relacionadas