Sucesso News

04/07/2022 23:40

Início » Neve que brilha é encontrada no Ártico

Neve que brilha é encontrada no Ártico

Microbiologista Vera Emelianenko notou um leve brilho azul na neve ao longo da costa do Mar Branco. O efeito natural é causado por pequenas criaturas bastante incomuns.


Em uma noite de dezembro, a bióloga russa Vera Emelianenko foi passear na costa do Mar Branco com Mikhail Neretin, filho do biólogo molecular da estação, e dois cachorros.

Em um dos montes, Neretin notou um brilho azul que parecia luzes de Natal. Emelianenko pegou com as mãos um punhado dessa neve; quando espremida, a bola de neve brilhava ainda mais. Os cães correndo pela superfície nevada também deixaram um rastro brilhante.

Bioluminescência dos copépodes explica brilho na neve do Ártico — Foto: Reprodução/Facebook/Alexander Semenov

Bioluminescência dos copépodes explica brilho na neve do Ártico — Foto: Reprodução/Facebook/Alexander Semenov

Trata-se de uma espécie especial de Metridia longa que é comumente encontrada no Ártico e nas águas circundantes, bem como no Atlântico Norte e no Pacífico.

Eles estão geralmente presentes mais distantes da costa, vivendo em profundidades de até 90 metros durante o dia e subindo vários metros da superfície da água à noite.

Notícias relacionadas